segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Deixaram o Adriano em paz, Flamengo

   É inacreditável, foi só o Adriano ficar distante do futebol que deixaram ele viver a vida dele, não concordo com algumas atitudes que ele toma, penso que ele se prejudica, prejudica seu clube e a sua torcida em alguns momento, com tudo isso, gosto muito da pessoa que ele parece ser. Fora isso a impressão que dá é que alguns jornalistas são aves de rapina à espreita de uma notícia a ser aumentada ou até inventada, basta essa pessoa estar na mídia pouco importando o impacto que isso terá no seu trabalho, nos seus fãs, na sua família. Dar a notícia é importante, afinal é para isso que existe a imprensa, mas castra o direito de ir e vir de alguém é correto, neste mês muito se falou a respeito de ética por conta da postura dos advogados do caso Bruno x Elisa Samúdio, essa cobrança veio muito dos jornalistas, uma cobrança justa, aliás justíssima, mas aí pergunto: Faça o que eu digo não faça o que eu faço? A ética só deve vir dos outros? Caros jornalistas pratiquem o que vocês pregam pelo amor de DEUS!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo querido flamenguista, expresse sua opinião.

Flamengo: Eduardo Bandeira de Mello e a Nebulosa venda de Paquetá

Pois é, foram dois mandatos como mandatário do maior clube do Brasil, o Flamengo, seis anos entre acertos administrativos acertados quando ...