domingo, 22 de julho de 2012

Renato é o novo "chefe" do Flamengo?

  É inexplicável mediante a um jogador que sempre foi mediano e que nos seus melhores tempos as características mais marcantes eram o grande fôlego e o potente chute, passados alguns anos o fôlego, que alimentava a grande disposição em campo já não é o mesmo, hoje, o Renato não marca, não arma, não ataca e vive de alguma eficiência em bolas paradas, que nem sempre vão existir, seu alardeado "bom passe" é uma sequência de passes laterais e ineficientes, nenhum desses passes, pelo menos nos jogos que eu assisti, foi um passe vertical, longo ou decisivo.
  Diante deste quadro fica difícil entender o porque de o Renato ser titular absoluto no time do Flamengo, mesmo quando ele comete um erro tão inaceitável quanto dar um passe de calcanhar na entrada da área do Flamengo, procurando-se sabe-se lá quem, nesse mesmo jogo o Botinelli cometeu um erro como o mesmo efeito porém sem a mesma natureza e foi colocado como reserva do reserva no treino da semana, e o Renato, é intocável? Não pode ser substituído? Não pode sentar no banco? Não pode ser dispensado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo querido flamenguista, expresse sua opinião.

Flamengo: Eduardo Bandeira de Mello e a Nebulosa venda de Paquetá

Pois é, foram dois mandatos como mandatário do maior clube do Brasil, o Flamengo, seis anos entre acertos administrativos acertados quando ...